04 julho 2012

Resenha » A Filha da Minha Mãe e Eu

Postado por Renato Nascimento às 05:00
Reações: 

A Filha da Minha Mãe e Eu
Maria Fernanda Guerreiro – 256 páginas – Editora Novo Conceito (Selo Jovem)


sinopse
  A filha da minha mãe e eu conta a história do difícil relacionamento entre Helena e sua filha, Mariana. A história começa quando Mariana descobre que está grávida e se dá conta de que, antes de se tornar mãe, é preciso rever seu papel como filha, tentar compreender o de Helena e, principalmente, perdoar a ambas. Inicia-se, então, uma revisão do passado – processo doloroso, mas imensamente revelador, pautado por situações comoventes, personagens complexos e pequenas verdades que contêm a história de cada um.




  Assim que vi o livro esperava, sinceramente, uma leitura maçante. Mas foi a melhor surpresa que eu já tive com um livro. A vida de Helena e Mariana é tão emocionante, os personagens são tão reais... É um livro que retrata a realidade da relação de muita gente por aí.


A primeira vez que ouvi a palavra “cínica” foi da boca da minha mãe. E o que mais me surpreendeu: era pra mim que ela estava dizendo. Eu tinha apenas 5 anos e nenhuma ideia do que aquilo significava
(Pág. 9, Capítulo 2, Primeiro Parágrafo)


  No começo, o livro é um pouco “perdido”, pois a autora mistura o passado com o presente, mas logo ela engata e é impossível largar o livro. Quando você pensa que a vida da Mariana não poderia estar mais difícil, PAH! Um segredo é revelado e vira tudo de cabeça para baixo.
  Quando tudo se acalma, PAH! E um problema sério aparece. E é nesse ambiente conturbado que Mariana e Helena vão se conhecendo e se distanciando cada vez mais. 
  O livro é ótimo, o final é lindo e Maria Fernanda Guerreiro fez desse livro um verdadeiro turbilhão de emoções. PARABÉNS!





0 comentários:

Postar um comentário

 

Marco do Percurso Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Modificado por Renato Nascimento