04 janeiro 2012

Orgulho e Preconceito/Persuasão » Jane Austen

Postado por Renato Nascimento às 21:40
Reações: 

» Título: Orgulho e Preconceito
» Autor(a): Jane Austen
» Editora: Martin Claret (cortesia)
» Número de Páginas: 234
» ISBN: 9788572328050
Avaliação Final
5/5 - Incrível!



Na Inglaterra do final do século XVIII, as possibilidades de ascensão social eram limitadas para uma mulher sem dote. Elizabeth Bennet, de vinte anos, uma das cinco filhas de um espirituoso, mas imprudente senhor, no entanto, é um novo tipo de heroína, que não precisará de estereótipos femininos para conquistar o nobre Fitzwilliam Darcy e defender suas posições com perfeita lucidez de uma filósofa liberal da província. Lizzy é uma espécie de Cinderela esclarecida, iluminista, protofeminista. Neste livro, Jane Austen faz também uma crítica à futilidade das mulheres na voz dessa admirável heroína — recompensada, ao final, com uma felicidade que não lhe parecia possível na classe em que nasceu.

       O segundo livro que leio da Jane Austen e já estou encantado com o seu modo surpreendente de conduzir a história, e já considero tua escrita agradabilíssima, e a tenho em mais alta conta a partir de agora. 
       Seria mais ou menos assim uma resenha escrita por Austen: linguagem formal, polidez excessiva e cordialidade. Apesar desta "brincadeira", o que eu disse acima é a mais pura verdade. Este volume com três escritos de Jane Austen se tornou um ótimo livro para ler em qualquer momento, e já me acostumei com sua escrita ligeiramente pesada.
       Depois de nos apresentar a personificação da Razão e da Sensibilidade, Austen nos apresenta o Sr. e a Sra. Orgulho & Preconceito, sendo eles Fitzwilliam Darcy e Elizabeth Bennet. Ainda me impressiona muito a criatividade da autora em relação aos personagens. São tão cativantes e tão bem-feitos que você se surpreende com o modo como o leitor se envolve na história. Parece impossível, no começo da história, que Darcy e Lizzy fiquem juntos, mas isso realmente acontece. Acho que a autora quis mostrar que não são só os opostos que se atraem.
       Como no outro livro, os personagens secundários são muito bem feitos, e tão envolventes quanto os protagonistas. Até a irmã de Lizzy, Jane, teve um papel de suma importância na história.
       Diferente de "Razão e Sensibilidade", devorei esse livro em pouco tempo, e nunca me senti tão acostumado com uma linguagem tão clássica.
       Mais uma vez, o enredo frisa a importância do dinheiro e das aparências. Se hoje você se envolvesse com alguém pelo seu dinheiro e pela sua aparência, seria taxado de interesseiro. Naquela época, você seria a pessoa mais inteligente do mundo. Assustador, não?
       Jane Austen me agradou mais neste livro do que no outro, então posso dizer sem remorsos: LEIA JANE AUSTEN. 


E agora, meus queridos amigos, uma reviravolta impressionante. 

» Título: Persuasão
» Autor(a): Jane Austen
» Editora: Martin Claret (cortesia)
» Número de Páginas: 162
» ISBN: 9788572328050
Avaliação Final
3/5 - Bom!


       Bom, antes de começar, a resenha de Orgulho e Preconceito foi escrita logo depois que terminei de ler o livro. Depois que eu terminei de ler Persuasão algumas coisas mudaram. 
       Bem, primeiro, não leia mais de duas obras de Austen em um intervalo de tempo curto, você fica maluco. Acho que eu demorei horrores pra ler esse livro, e a escrita da Austen se tornou tão chata e cansativa que quase larguei o livro pra lá. Até teria feito isso, se não tivesse o compromisso de publicar uma resenha dele. Então, fiz um grande (e como!) esforço para terminá-lo. 
       Os personagens da autora são sempre muito bem feitos, e nisto, parabenizo Austen. Mas a escrita dela, é... enjoativa, por assim dizer. É sério, eu não sei se conseguiria ler mais alguma coisa com uma escrita tão pesada por um bom tempo. 
       Minhas resenhas só são curtas em duas situações: quando um livro é incrívelmente magnífico, ou quando ele é ruim. Infelizmente, esta resenha se encaixa na segunda opção.        O enredo é sempre a mesma coisa, nunca muda nada (exceto os personagens), e a história acaba tomando sempre o mesmo rumo, com o mesmo final "surpreendente".         É simplesmente isso: não quero ler Jane Austen durante um bom tempo. Quem sabe depois que eu casar? 



1 comentários:

Lia on 5 de janeiro de 2012 18:16 disse...

Nossa, muito legal como as suas 2 resenhas são o avesso uma da outra! Fiquei encantada de qualquer forma, e adorei a dica de não ler Jane Austen demais em um tempo curto. Deve enjoar mesmo, rsrs.
Aaah, fui lá conferir qual é o livro que eu tenho dela e é Orgulho e Preconceito, felizmente o livro que você gostou mais! =)
Agora fiquei com vontade de devorar!

beijão!

Postar um comentário

 

Marco do Percurso Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Modificado por Renato Nascimento