02 novembro 2011

Resenha - Para Sempre de Alyson Noël

Postado por Renato Nascimento às 21:33
Reações: 


Título: Para Sempre

 Autor(a): Alyson Noël
 Editora: Intrínseca
 Número de Páginas: 254
 ISBN: 9788598078625
 Onde Comprar
Submarino (R$22,90) e Livraria Cultura (R$29,90)
 Avaliação Final: 6,5/10


P A R A   S E M P R E

    Ever Bloom tinha uma vida perfeita: era uma garota popular, acabara de se tornar líder de torcida do principal time da escola e morava numa casa maravilhosa, com o pai, a mãe, uma irmãzinha e a cadela Buttercup. Nada no mundo parecia capaz de interferir em sua felicidade, o céu era o limite! Até que um desastre de automóvel transformou tudo em um pesadelo angustiante. Ever perdeu toda a sua família. Mudou de cidade, de escola, de amigos, e agora, além de todas essas transformações em sua vida, ela precisa aprender a conviver com uma realidade insuportável: após o acidente, ela adquiriu dons especiais. Ever enxerga a aura das outras pessoas, pode ouvir seus pensamentos e, com um simples toque, é capaz de conhecer a vida inteira de alguém. É insuportável. Ela foge do contato humano, esconde-se sob um capuz e não tira dos ouvidos os fones do i-pod, cujo som alto encobre o som das mentes a seu redor. Até que surge Damen. Tudo parece cessar quando ele se aproxima. Só ele consegue calar as vozes que a perturbam tão intensamente. Ever não entende o porquê disso, mas é incapaz de resistir à paz que ele lhe proporciona, à sensação de, novamente, ser uma pessoa normal. Ela não faz ideia de quem ou o quê Damen realmente é. Sua única certeza é estar cada vez mais envolvida... e apaixonada.

     Sem graça.   Desculpe ser tão sincero assim na primeira linha, mas é para isso que estou aqui. O estilo de escrita da autora não me agradou nem um pouco. É inovador sim, mas eu sinceramente não gostei e acho que falta detalhes na narrativa e por muitas vezes se tornou cansativa. Eu estava com muita vontade de comprar toda a coleção de uma vez, mas fico feliz em não ter feito. Não tenho interesse nenhum na saga. A história é ótima, claro, mas a autora não narrou de um modo agradável e deixou para revelar o 'grande segredo' no final do livro, e fez isso tão rapidamente que tive a impressão de que faltou muita coisa e deixou muitas incógnitas abertas. E, acho que a Alyson deveria ter contado um pouco da vida de Ever no começo do livro, não enquanto contava o presente, isso me deixou perdido em alguns momentos. Eu sei que é uma série, mas há muitos autores que sabem terminar a história e continuar com vários livros depois, como é o caso da grande J. K. Rowling. Acho que faltou 'alma' no livro.
     A Ever   me irritou bastante durante o livro, se culpando o tempo todo pelo acidente de seus pais, sendo que o mundo todo estava lhe dizendo que não. A personalidade dela é bem fraca e o fato de ser extremamente pessimista me deixou furioso com ela algumas vezes. Se essa era a intenção da autora, parabéns, mas eu não pretendo ler os outros livros da série. Os personagens secundários deixaram a impressão de que só estavam ali para enrolar durante a história, para não ficar só Damen-Ever-Damen-Ever. O Damen é um personagem sem sal que não me cativou em nenhum momento.
     A idéia   da história é realmente incrível! E Summerland é simplesmente perfeita! O Dom de Ever é muito inovador e eu nunca o tinha visto em nenhum livro. Mas essa foi a única parte que me chamou a atenção. A Diagramação é boa, mas acabou ficando simples demais.
     Diferente   de todos, não gostei nem um pouco da capa. Se talvez eles tivessem utilizado a foto de uma garota segundo a tulipa, ficaria muito mais natural.
     Não   tenho mais o que falar do livro - simplesmente não gostei - e não recomendaria sua leitura para ninguém. Minha nota acabou ficando em 6,5 por a idéia do livro ser boa e a diagramação um pouco agradavél.


    Espero  que tenham gostado e digo a vocês que como em todas as minhas resenhas, coloquei toda a minha opinião pessoal e fui sincero o tempo todo. Não estou aqui para agradar ninguém, não é mesmo?

1 comentários:

Raphaela on 6 de novembro de 2011 00:18 disse...

Renatíssimo meu bem!

Adorei, MESMO, a sinceridade da sua resenha. Eu, ao contrario de você, gostei do primeiro livro: da introdução, da historia,da capa principalmente. Mas a Ever irita mesmo e nao só nesse livro, como nos outros ainda mais.

O meu grande problema nao foi Para Sempre e sim Lua Azul. Depois que eu terminei de ler, EMPAQUEI! Eu nao consigo ir ler o terceiro nem fudendo. E depois que eu encontrei com a Alyson Noel, pensei: caraca, ela é tao simpática que eu vou ter que terminar de ler esses livros. Mas as criticas sao tantas que eu acho que nem a simpatia dela vai ser capaz de fazer isso comigo.

E se você nao gostou mesmo desse primeiro, recomendo que vc desista de vez. alvez vc perca alguma coisa, talvez nao.

Beijokas da Rapha!

Postar um comentário

 

Marco do Percurso Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Modificado por Renato Nascimento